12 de out de 2008

"Sabedoria de Síntese"


"... quatro virtudes decalcadas dos signos fixos e concretizadas mediante as isntituições a elas diretamente vinculadas: Ciência, Filosofia (ou Religião), Arte e Didática."

"Luz, Vida e Criação reunidos estão no Logos, conforme se lê na abertura do Evangelho de São João..."

"Em suma, é esta grande experiência dimensional que se acha implicada na realização da Cruz Fixa dos quatro elementos, na medida em que, através de sua consumação, o discípulo ou o Iniciado aprende a dominar a esfera do tempo e a fixar as energias em seu próprio ser, tornando-se um centro atemporal - da mesma forma que na Cruz Mutável o iniciante realiza sua adaptação a um espaço sagrado."

"Para a realização efetiva desta fixação consciencial existem muitas técnicas diferentes, mas todas se resumem na adoção de uma imagem sagrada profunda e definitivamente vinculada ao Dharma atual, ou destino vivo, isto é, a integração do destino, tanto individual quanto coletivo, a um só tempo, já que a característica da esfera da alma é não efetuar distinções entre o Eu e o Outro. Isto representa, pois, a manifestaçaão da nobreza por parte do indivíduo, razão pela qual encontramos na Cruz-Fixa as quatro grandes estrelas tidas pelos persas como "Estrelas Reais": Aldebaran (Taurus), Regulus (Leo), Antares (Escorpius) e Fomalhaut (Aquarius)"

"... sucessivos degraus que conduzem através do universo da alma..."

"...esta cruz se encontra profundamente vinculada aos Mistérios Menores. Sua natureza corresponde ao próprio enigma da Esfinge, guardiã das Pirâmides, as quais, por sua vez, correspondem aos Mistérios Maiores. Da resolução deste enigma dependia o acesso dos postulantes às criptas iniciáticas que se encotravam no seu interior, e que os conduzia até o próprio coração da Pirâmide."


(Luís Augusto Weber Salvi, em: Eu Sou o Caminho, a Verdade e a Vida, Universidade Agharta, Porto Alegre)

Nenhum comentário: